23 julho 2007

lá se vai o passado!

Esta é parte da vista que eu tinha em menina, em casa da minha mãe. O ilhéu, aquele rochedo no mar, é uma das referências do nosso passado. Com a construção daquele hotel, que ainda vai ter mais um andar, não tarda nada deixaremos de o ver. É algo que nos custa. Costumávamos ver o mar bater nas rochas, mais perto ainda do que o ilhéu. Não havia nenhuma destas casas que aqui se vê, a não ser a do telhado vermelho, à direita. Primeiro, foram-se essas vistas. Fomos perdendo mar. Agora até o ilhéu nos vai deixar. Aqui fica, se calhar, a última visão desse símbolo do nosso (da família) passado.
Posted by Picasa

7 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Óh betão betão, onde chegas modificas tudo. Eu sou um contestatário do betão embora reconheça que em certos locais é muito necessário.Os nossos arquitectos e governantes quando fazem os estudos de pormenor esquecem-se que aqueles que viviam com boas vistas passem a viver emgruta ou com uma barreira à sua frente. J.S.

23/7/07 22:57  
Anonymous jnavarro said...

Tive de clicar da imagem para confirmar o ilhéu...

Realmente é uma pena.
Faz-me lembrar, quando era miúdo, lembro-me do meu pai passear e dizer-me: "Não havia aqui nada disto...".
Onde eu via bairros e escolas, dantes eram grandes campos... e imaginava...raios, já passaram muitos anos.

Agora dou comigo a passar férias onde nasci e a dizer aos meus miúdos, "olha!... quando eu ia para a escola, aqui não havia nada disto, eram pinhais"...Hoje são blocos de betão, apartamentos...

o velho sou eu :)

Beijinho, querida Anete, até breve!

24/7/07 06:52  
Blogger anete joaquim said...

É bem verdade! Acho que o betão vai marcando a nossa idade, a nossa velhice!

A zona onde a minha mãe vive sempre foi a zona turística por excelência. É natural que, com o passar do tempo, mais hotéis se vão construindo. Até agora tem havido um certo cuidado em fazê-los com uma certa integração paisagística é há uns muito bonitos. A verdade é que são maiores do que as antigas casas e, por consequência, vão "comendo" a vista dos que estão por trás. É o progresso ou seja lá o que for.
bjs aos dois

CN
obrigada pela visita. Se tu és velho, como estarei eu?
até breve

24/7/07 09:11  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Vêr o mar?!

Cada vez mais difícil neste imperialismo do betão!

Fica-se mas é a "ver navios"!

24/7/07 14:06  
Blogger Nelio said...

Nem sei o que seria se onde eu moro me tapacem a vista para o mar....sempre tenho o terraço onde posso ver bem,espalhar a visão...é triste mas é o que acontece a muita gente....

25/7/07 00:33  
Blogger anete joaquim said...

Tens a rotunda à frente, não devem construir lá nada, ahahah! Mas é triste, pelo menos para nós, madeirenses, que tanto valorizamos a visão do mar.

25/7/07 09:49  
Anonymous Anónimo said...

Anete
Ver o mar...
Sinto saudades de ver o mar logo pela manhã.
E o barulho do mar nem se fala.
Um abraço

25/7/07 20:04  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home