21 novembro 2006

a rosa estava como eu!

A roseira vermelha, este ano, não sei que lhe deu, andou a fingir que estava morta. Deve ter-lhe faltado "o gás". A mim também!
Foi por pouco! Já estava mesmo convencida a cortá-la rente, para lhe dar novas forças, eis senão quando, quase que a medo (talvez tenha pressentido as minhas intenções homicidas) lá começou a fazer brotar uma das suas lindas flores.
É a única! Escusam de ficar sentados à espera! NÃO HÁ MAIS NENHUMA (pelo menos por enquanto)!
Andei a namorá-la, a ver como se abria, naquela esperança de que conseguisse sobreviver à ausência da máquina fotográfica (de que meu filho precisou) para ver se ainda a podia oferecer à vista de todos.
A flor abriu-se com tal rapidez que não houve outro remédio senão tirar foto com telemóvel.
Não se vê bem? Paciência! É o que há!
Exigentinhos, que me estão a ficar os visitantes!... Posted by Picasa

5 Comments:

Anonymous Anónimo said...

A Happy family, that's what we are! LOL

21/11/06 23:22  
Anonymous Anónimo said...

o anterior comentário destinava-se ao anterior post!

Quanto a este post...

Com que então a fingir-se de morta?!?!?!??!

Truz, truz, truz, somos nós!!!

Queres que te reanimemos à custa de descargas eléctricas??

PS. estou "derreado" com o regresso do mobiliário à cave! Mas (aos poucos) está a ficar tudo "en su sítio"!
Que te vaya bien!
besicos!

('tou mesmo parvo!)

21/11/06 23:27  
Blogger anete joaquim said...

ez
Pois! Ainda levas outra "descasca" da Ana por andares a açambarcar o blog! LOL

Tens razão! Acho que se formou aqui uma pequena (mas deliciosa) família. Sinto-me bem com vocês. Dão-me ternura, fazem-me rir, enternecem-me e dão-me preocupações. Que mais pedir? Quanto a choques, já me chegam os que tenho levado ultimamente, mas, de facto, estava a precisar de um abanão. Vinha para aqui, olhava para o visor, mas não conseguia escrever uma linha para postar. Foi uma "branca" total! Acontece!
Quanto às tuas mudanças, espero que tenhas isso em ordem o mais depressa possível. Só assim conseguirás paz de espírito para poderes continuar a tratar dos teus cactos (sobreviveram à chuva?)e pinturas.


"besicos"? Foi a primeira vez que me deram! Têm "salero"! HUUUM!!!

22/11/06 09:53  
Anonymous Anónimo said...

Anete,

As mudanças estão em curso (com direito a pós-graduação e tudo! ;))
Ontem montei (que raio de palavra) mais uma estante, um roupeiro e uma cama de ferro (estou um montador-mor) e estou continuamente a lembrar-me de que tenho braços, se bem me entendes... ;)
A procissão acabou de sair do adro, mas... a capela é lá no alto e os fiéis são de provecta idade! (embora sejam deveras empenhados):D

O exército dos cactos sofreu três ou quatro baixas (não foi muito mau), mas vou dar-lhe uma ajuda, cobrindo os "tabuleiros" com um plástico - que ainda não comprei- que o protegerá do frio e da chuva (conjunção fatal)!

Até já! ;)

22/11/06 11:32  
Blogger anete joaquim said...

Pois é! Cactos querem sol, calor. Sabes o que fazer? No Inverno - já que estás a ficar acostumado a mudanças -, mandas os cactos todos para a Madeira. Ficam cá de quarentena, a passar umas férias! LOL

24/11/06 10:24  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home