13 junho 2007

filosofar é à sombra






À tarde, resolvi fazer umas mudanças de cenário. O pote com a dúvida existencial veio para este cantinho vermelho e já tem um novo companheiro.
Aqui tem mais sombra, o que é melhor para quem quer filosofar.
Nota: a rosa pregada no tronco da iuca é artificial. Dirão que é um pecado colocar neste jardim uma flor de plástico, mas... também tenho esse direito!



15 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Com certeza!!! Nem que seja uma provocaçãozita, ninguém lhe tira a beleza e sempre dá cor. J.S.

13/6/07 19:38  
Anonymous Mr said...

Boa noite
Cheguei agora a casa e pensei vou descansar um pouco no jardim.
Acertei em cheio. Um cantinho para filosofar. Será o amor sempre perfeito?
Já acreditei que sim. Mas hoje convivo muito bem com a certeza que nem sempre o amor é perfeito.
O importante é acreditar que o amor é perfeito enquanto dura.
Um abraço

13/6/07 20:28  
Blogger anete joaquim said...

Ora bem, mr! Ora bem! Mas sabe? Dizem que enquanto dura... é cego! Continuará a ser perfeito, mesmo assim?

13/6/07 20:56  
Blogger Rubina said...

Aí Anete, as sonecas e as leituras que faria nesse jardim. Com o devido cafezinho e biscoitos...lol...Ganda lata, não é??? :)

13/6/07 23:09  
Anonymous Mr said...

Ola
A Anete lançou um desafio no seu canto.
E dava uma tese.
O amor é perfeito enquanto dura.
Só que às vezes queremos que ele dure e só complicamos.
Fique bem

13/6/07 23:40  
Anonymous Mr said...

E também tem direito ao seu plástico.
E existem uma flores que enganqm muito.
Parecem mesmo verdadeiras.

13/6/07 23:50  
Blogger Nelio said...

Anete na foto de cima o tronco da yuca parece tal e qual a pata de um elefante...já que é o cantinho dos filósofos..."elefantes que vagueiam moribundos no jardim de pedra...lol

14/6/07 00:16  
Blogger anete joaquim said...

Bem, desta vez, os últimos serão os primeiros!

Nélio
Aquilo que chamo iucas são, por aquilo que me disseram, dragoeiros ou da família deles.
Por outro lado, há quem chame a estas plantas "patas de elefante", exactamente devido à forma do seu tronco.
Por último, e não menos importante, os meus "elefantes" não estão moribundos! Estão bem vivinhos da Silva! Só que não vagueiam! Estão ali bem pregadinhos ao solo!!!!LOL

mr
Essa foi a explicação mais deliciosa que ouvi sobre a duração do amor!
Agora diga-me lá: se já estamos a fazer "força" para que ele dure, nós que quando amamos somos cegos, não será porque ele não está a ser tão perfeito quanto desejaríamos? Afinal, somos ou não somos cegos quando amamos?
E por que é que complicamos? Porque queremos que ele seja perfeito e, então, tentamos ser tão perfeitos quanto o outro espera que sejamos, porque achamos que só assim é que ele nos amará. Então é caso para perguntar que raio de amor perfeito é esse que não aceita o outro tal como é!

Quanto às flores enganadoras, de plástico... Não serão como certos amores, que parecem mesmo verdadeiros, verdadeiros e afinal são imitações? Que diferença é que faz para os nossos olhos, ser uma bela flor de plástico ou verdadeira? A desilusão só vem quando nos apercebemos do engano. Tal como acontece com o amor, não é? Não foi por acaso que ali coloquei a flor de plástico. Está ligada à frase! É outra provocação!

E agora, para a Rubina...
Com que então,o meu jardim só te dá para a preguiça, "né"? Pois olha, se cá viesses, não paravas um segundo na cadeira! Punha-te a varrer, a cavar, a regar que era um ver se te avias. O que é que julgas? Que ias ficar de papo para o ar a ver-me trabalhar, hem? Sua malandreca!
(Estou a brincar! Claro que teria muito prazer em ver-te gozar este jardim como muito bem te aprouvesse.)

um beijão a todos

TPC:
mas o amor.........

14/6/07 00:57  
Anonymous chauffeurnavarrus said...

Impressionante!
Não foi ontem que passei aqui?
Parece que não te visito há semanas... tantas imagens novas e avanços valentes...
Beijinhos entregues à miudagem...
A ver se te envio umas fotos recentes da malta.
Beijo grande
CN

14/6/07 02:43  
Blogger anete joaquim said...

Oi, CN
Não nos esquecemos de ti! A coisa está meio parada, só isso.
um beijão

14/6/07 19:48  
Blogger anete joaquim said...

Não sei se no vosso computador aparece o post que coloquei hoje, mas aqui não vejo nada. Parece ter havido qualquer problema com o blogger, pois aconteceu o mesmo no amorsemedo, onde apareceram apenas alguns dos poemas que hoje lá coloquei. Amanhã devem ver.
bjs

14/6/07 19:56  
Anonymous rose said...

filosofar é preciso... ainda mais num cantinho como esse.

14/6/07 23:33  
Anonymous rose said...

tenho uma orquidea pequena, estava louca para ver suas flores, aconteceu...."por mais simples que seja tudo tem um encanto, mas quando tem de ser, faz e acontece."

14/6/07 23:41  
Anonymous Mr said...

Ola Anete
Concordo consigo sobre o amor.
Amanhã volto.
Um abraço

15/6/07 01:03  
Blogger anete joaquim said...

oi, rose
Bem-vinda. Volte sempre

mr
Cá estou! Amanhã o blog faz um ano!!!

15/6/07 10:48  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home