11 julho 2007

só mais uma perspectiva!

8 Comments:

Anonymous Anónimo said...

olá anete, como sempre nas suas magnificas ideias, nao se pode ficar parado, "parar é morrer". muito bem gostei muito, parabens.
vania

11/7/07 10:36  
Anonymous Anónimo said...

Depois diga aos seue colegas que está muito cansada. Pudera com toda essa pujança como poderá descansar? Não poderá
ler um livrinho? Nem que seja a constituiçãp da república , sempre dá para ditrair, hehehe. Então nesse recamto das tertúlias deve ser uma beleza e saber que estamos consigo. . Despenso os bolos, contento-me com o chàsinho. Bjs. J.S.

11/7/07 12:51  
Anonymous Rose said...

Querida, Anete, quando as pessoas ficam paradas a toa, pensam besteiras.Vc é divina com suas idéias.Isso faz bem para a alma e o corpo, sei que cansa, mas tudo que é feito com amor compensa, não é verdade?

11/7/07 21:46  
Blogger Nelio said...

A Rose disse uma verdade agora ,apoiado....Anete está a ficar uma imagem de um conto de fadas e a fada boa chama-se Anete....beijoquinhas....

11/7/07 22:56  
Anonymous Mr said...

Boa noite Anete
Que maravilha!
É uma casa encantada.
E todos os dias somos suspreendidos.
E a imaginação.... contagia.
E é sempre tão agradável passear no seu jardim.
Um grande abraço para todos.

11/7/07 23:39  
Blogger anete joaquim said...

Pois! Hoje nem tive tempo para abrir o computador, mas amanhã penso que já vos poderei mostrar o resultado final do novo cantinho.

Vânia, vai tirando apontamentos para alindares o jardim da tua avó. Como vês, basta ir imaginando coisas e metendo mãos à obra.

João
Hoje, confesso, estou estourada. Amanhã sei que valerá a pena, quando tudo estiver prontinho. Terá o chá pronto.

Compensa, rose, sei que compensa! Há-de dizer de sua justiça. Amanhã!

nélio
Cheira-me que estás a "cheirar a coisa"!!! Está bem! Vou ver se arranjo uma varinha mágica! LOL

mr
Hoje o meu filho mais novo veio cá a casa e apercebeu-se que tinha havido mudanças na sala. "Daqui a uns dias está tudo mudado!", disse ele. Respondi-lhe que desta vez é que era. A sala estava como eu queria. Pelo menos em termos de disposição dos móveis, disse eu. Ele, a rir, retorquiu com uma frase a que achei muita piada: "Contigo, o permanente é sempre provisório!" Achei piada, porque há pessoas que fazem uma coisa e dizem que é provisório e o provisório acaba por ficar permanente por não terem vontade de acabar a obra iniciada. Eu sou o oposto. Faço e desfaço e volto a fazer, numa busca permanente da sensação de a coisa estar de molde a que eu e as outras pessoas que comigo vivem se sintam bem. Enquanto não tenho aquela sensação de que o lar é aquele lugar especial onde apetece estar, não páro. Dei por mim a pensar que, no fundo, isto é a busca da felicidade e que se continuo nessa busca é porque ainda não a encontrei totalmente. E, com esta análise tão profunda (!!!), aqui vos deixo. Até amanhã! Um beijo a todos.

12/7/07 00:28  
Anonymous Mr said...

Boa noite
Terminei umas tarefas e pensei vou ao jardim antes de ir dormir.
Não sou uma pessoa muito viajada mas tenho a sensação de estar na Provença quando para alguns cantos e recantos da sua quinta. Tudo é tão harmonioso.
Gostava de ser assim - eu penso, surgem ideias mas depois vou deixando.
Até amanhã
Um abraço

12/7/07 02:34  
Blogger anete joaquim said...

Confesso que sou terrível: quando começo a pensar, já estou fazendo. Criar, dá-me uma espécie de adrenalina. É prazer puro, embora haja coisas que custam. Pintar as cadeiras azuis (que eram do conjunto vermelho que está no mesmo terraço), foi mais demorado do que pensei, (levei duas horas a pintá-las) mas lá vou fazendo até acabar.

15/7/07 23:31  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home