03 dezembro 2006

licor de vinho madeirense




Aqui vai a receita de licor de vinho:

- 1 litro de vinho tinto
- 2 gramas de essência de tutti-fruti
-1 vagem de baunilha
- 750 gramas de açúcar
-2 decilitros de álcool puro (cuidado, este álcool é comprado na farmácia e tem de se pedir álcool para culinária.)

preparação:
Dissolve-se o açúcar no vinho e leva-se ao lume até levantar fervura.
Deixa-se ferver durante 10 minutos.
Tira-se do lume e deixa-se arrefecer.
Junta-se, então, a essência de tutti-fruti, a vagem de baunilha e o álcool.
Engarrafa-se.
DOIS DIAS depois já pode ser bebido.
É fácil e delicioso!
Nota: se der para mais do que uma garrafa, parte-se a vagem de baunilha ao meio e põe-se um bocado em cada garrafa. A vagem deve permanecer no licor até este ser totalmente consumido.




NOTA: Para quem não tem estado a perceber a brincadeira dos últimos posts, refira-se que as receitas de milho à madeirense e sopa de maçaroca estão nos comentários do post sobre "hortaliças". (Tem fotos de espinafres e couves).
O intercâmbio de receitas começou! Já há sobremesa e tudo, desta feita, directamente de Viseu!
É o que se chama intercâmbio cultural!
Parece que o digestivo vem a caminho! Aguardente de medronho!
Enquanto não aparece, saboreiem o licor de vinho.

12 Comments:

Anonymous Anónimo said...

É preciso esperar DOIS DIAS?!?!?!?!?
LOL ;)
No final, pode comer-se a vagem?
Hic!...
Beijos!

3/12/06 23:01  
Anonymous Mr said...

Boa noite
A Anete é mesmo completa. E honra as tradições. Esse licor é delicioso.
Obrigada pela receita. E vou matando saudades.
Não consegui ainda colocar o trabalho em dia, mas fui despachando algumas coisas.
Vá lá, para a semana novo feriado.
Uma boa semana.
Abraços
Boa semana para todos.

3/12/06 23:09  
Blogger anete joaquim said...

ez
Há licores que demoram um e dois meses a estarem prontos. Este, pode dizer-se que é "instantâneo". Agora, quanto mais tempo resistires a prová-lo, melhor fica.


mr
Obrigada por me ter "tirado" uns aninhos! É verdade! Sou muito mais nova do que a sua tia! Mas eu estava a brincar quando disse aquilo de ser sua tia!
Quanto a ser completa... não é por causa de um licorzito de vinho, com certeza!
As tradições são o que nos faz lembrar as origens. Sem elas, acho que ficamos meio perdidos neste mundo cada vez mais global, mais igual na sua podridão.
Não gosto da forma como o mundo se está a compor! Há valores que se foram e outros, que nem são morais, éticos ou solidários, que começam a impor-se. Não será por aí que deixaremos um mundo melhor aos nossos filhos.
Olhe, que ao menos encontre aqui um pequeno espaço que a faça esquecer das tristezas e do muito trabalho que, pelos vistos, tem.
Pelo menos a mim, tem-me ajudado. Divirto-me com estas brincadeiras inofensivas, amigáveis, sem maldade disfarçada.
É só isso que quero.
Um beijão e uma noite feliz.

4/12/06 00:52  
Anonymous maria said...

Estou absolutamente de acordo com o que MR diz.
Na realidade este mundo está a ficar podre.
Que saudades da minha juventude em que a maioria eramos puros e leais.
Também a mim os blog me ajudam a suportar as fases tristes que ultimamente me têm acompanhado!
Obrigada a todos.
Beijos para ti Anete.

4/12/06 09:29  
Blogger anete joaquim said...

maria
Mesmo que virtualmente, o que não quer dizer falsamente, podemos ajudar a construir (ou pelo menos a manter) um mundo com alguma alegria e valores. Se todos derem o seu contributo, talvez saia algo de bom desta globalização, que teve a vantagem de nos unir neste e noutros blogs.
Cada vez mais os cidadãos sentem a necessidade de expressar o que lhes vai na alma. Talvez um dia essas vozes possam vir a ter algum efeito. Tenhamos fé.
Quando comecei este "jardim de pedra" era na intenção de partilhar um espaço físico (o jardim), que considero belo. Acho que esse objectivo inicial se perdeu um pouco. Cada vez falamos mais de coisas que nada têm que ver com flores, mas, no fundo, estamos é a alargar o objectivo inicial: fazer gente feliz. Isso alegra-me e motiva-me. Prossigamos.
bjs

4/12/06 10:43  
Blogger anete joaquim said...

ATENÇÃO!
O seu a seu dono! O licor que está na foto e a respectiva receita são a especialidade da minha mãezinha. É a oferta que ela nos dá no Natal! Sei e já o fiz, mas o da foto foi feito por ela! Viva a D. Ana!
É, digamos, o licor "de marca" da nossa família!

4/12/06 11:40  
Anonymous Anónimo said...

Viva!!!!

4/12/06 12:52  
Anonymous Mr said...

Boa noite Anete
E também para todos.
Um abraço

4/12/06 23:44  
Anonymous Mr said...

Anete
Ainda voltei. Amanhã é outro dia. E aos poucos vou terminando umas tarefas.
Amanhã é dia de trabalho e é preciso dormir.
Fique bem.
Um grande abraço

5/12/06 00:33  
Blogger anete joaquim said...

mr
E eu que a abandonei este tempo todo! Obrigadão e boa noite (para hoje, pelo menos)!
um beijão

5/12/06 19:29  
Blogger Chauffeur Navarrus said...

Olá, olá...
O "El fanador de pneus" também passou aqui para dar uma vista de olhos à receita!
:)

6/12/06 00:08  
Blogger anete joaquim said...

Como diz a minha mãe, "cheirou-te a comida!"...

6/12/06 23:26  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home