29 julho 2007

cardeal (hibisco) amarelo

Ontem à tarde, quando fui regar, descobri este cardeal no meio da folhagem. É enorme, quando comparado com os que a planta costuma dar. Parece que se deu bem neste local, onde recebe sol de manhã e sombra à tarde.
Posted by Picasa
Este é o canteiro estreito em frente do cantinho do nélio. Como podem ver, está sobrelotado de plantas. Sem que eu os plantasse, apareceram dois cravos túnicos, que estão enormes, um deles no meio das gusmânias, aquelas bromélias com o centro vermelho. Em tempos, encontrei uns bolbos pequenos e plantei-os na beirinha do canteiro, para ver o que eram. Nada mais, nada menos do que aquelas flores do tufo perto do cantinho da rose, que agora começaram a dar flor. Tenho pena, mas terei de as tirar daqui, pois em pouco tempo ocuparão o espaço das outras plantas. O crisântemo que plantei em tempos perto da roseira trepadeira (que está por trás dele e do cardeal, mas não é visível na foto) está também enorme. Tem continuado ali só para ver se dá flor, mas também é outra peça a retirar. Está a tirar sol à roseira e a ocupar demasiado espaço.
Como podem ver, um jardim é um ser vivo em constante mutação. Para além do aspecto que lhe queremos dar, ele próprio, qual ser com vida própria, resolve trocar-nos as voltas. É preciso andar sempre de olho em cima dele.

3 Comments:

Blogger João said...

Óh mana. A minha joia da coroa é dos Hibiscus que mais gosta.No meu castelo não tenho sorte com nenhum,pois as geadas dão semppre cabo deles. É pena ,não se pode ter tudo e, nem tudo se adapta onde nós queremos. João

29/7/07 19:32  
Anonymous rose said...

Que show de cores...

29/7/07 21:52  
Blogger anete joaquim said...

Olhe que estes são os primeiros com que tenho sorte. Este e o vermelho que está no cantinho do Paulo. Até agora andavam meio cá, meio lá, mas parece que se estão aguentar.

rose
É mesmo. O jardim está todo colorido.
bjs

29/7/07 23:07  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home