29 julho 2007

antúrio rabo-de-porco


Este antúrio rabo-de-porco estava num vaso pequeno e costumava dar muita flor. Foi-me oferecido há muitos anos (mais de dez) por um primo meu. Mudei-o para este vaso grande, de cimento e já deu flor, nos tempos em que a trepadeira se estendia por cima da latada que lhe está por cima. Tirámos a trepadeira, colocámos uma rede para fazer sombra e o antúrio ressentiu-se. Amuou. Deixou de dar flor, assim como que a dizer que precisa mesmo de sombra para florir. Agora parece estar a acostumar-se às novas condições e uma pequena flor já faz adivinhar as que se lhe seguirão. Deus queira! São pequenos, mas bonitos, com o seu espigão todo retorcido, o que deu origem ao nome. Parece mesmo um rabo de porco.
Posted by Picasa

7 Comments:

Blogger João said...

Já oa tive, mas mesmo dentro de casa morreram. Gosto imenso de antúrios e, quando vivia na Madeira tinha-mos de várias qualidades.O chamado "rabo de porco" as suas folhas são mais pequenas e o espigão sai enrolado. João,

29/7/07 19:22  
Anonymous Mr said...

Ola
Também na casa dos meus pais havia muitos antúrios. A minha mãe está sempre saudosista das suas flores.
Acho que também havia uma especie que era chamado antúrio da Venezuela.
O João tem razão - está imenso calor. Nem fiz ainda metade do que pensava fazer. Não dá.
É verdade - vi o Chão da Lagoa - no noticiário (hora de almoço).
Um grande abraço para todos

29/7/07 19:34  
Blogger João said...

MR. Não sei onde encontrar seu blog. eu não tenho, sou simplesmente comentador daquilo que penso saber. Gostaria de entrar no seu blog directamente . estou a usar abusivamente o blog da nossa amiga Anete. Cumprimentos . João.

29/7/07 21:45  
Blogger anete joaquim said...

joão
a mr não tem blog. Quem tem blog, o nome aparece a azul. Basta clicar em cima do nome e vai-se logo bater ao blog da pessoa, percebe? É por isso que não entendo como é que foi capaz de criar um perfil e não consegue criar o blog. Se precisar de ajuda, diga. E pode usar o blog à sua vontade.

mr
Acho que esses antúrios da venezuela são os brancos que estão no cantinho da rose ou outros mais pequenos que tenho, mas que raras vezes dão flor.
Imagino as saudades da sua mãe. Quando eu aí vivia tinha saudades do mar e sabe de que mais? Do cantar do melro preto. É estranho as coisas que nos fazem lembrar a nossa terra!

29/7/07 23:01  
Anonymous Mr said...

Boa noite
Obrigada Anete - já respondeu ao João. Não tenho blog.
Entrei por acaso no blog da Anete. Andava a fazer umas pesquisas.
E foi curioso. Nunca entrara num blog e sempre achei que nunca entraria. De repente entro e fico cativada.
E passei a comentar - e passear na quinta e encontrar todos os visitantes passou a ser um encontro de amigos/uma família.
E tenho aprendido tanta coisa.
Fiquem bem
Boa semana

29/7/07 23:54  
Anonymous Jean said...

oi... lindo blog, lindas fotos, mas só ajudando...esse aí da foto não é o rabo-de-porco. O rabo-de-porco nasce com a espádice bem enroladinha o que caracteriza o nome e suas folhas são mas afiladas.

11/9/07 21:52  
Blogger anete joaquim said...

jean
Tem razão. AGORA ele não tem o espigão retorcido, o que me tem chamado a atenção, mas quando o ofereceram ele era dessa raça. Não sei explicar o que aconteceu, mas foi desde que coloquei neste vaso.
obrigada pela visita

12/9/07 10:31  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home